Mangakás - Tsugumi Ohba

Tsugumi Ohba, sim está é a melhor foto dele. (em HD ainda heim!) Ohba ou Ooba é conhecido por não ser conhecido, isso acontece pois quase nada se sabe sobre este misterioso e talentoso mangaká.

Só possui duas obras, os já citados Death Note e Bakuman, ambos feitos, também como já foi citado com Obata. Por sinal esta imagem que é praticamente a única referencia visual a ele foi usada para representar Ohba no Death Note 13, manga este que apresentou entrevista com ambos os autores e é uma espécie de fechamento especial do projeto.

Ainda falando deste mangá especial Ohba revela que nunca havia visto Obata durante o processo de produção do manga, se conheceram por acaso em uma espécie de convenção na editora, mas após já estarem fazendo Death Note juntos. Além disso, Ohba descaradamente revela que muitas vezes mudou a historia por causa dos desenhos de Obata, causou uma briga, por exemplo, só para ver ela desenhada pelo amigo, mudou frases e deu rumo a história muitas vezes apenas influenciado pela arte do amigo. O que pode parecer estranho não passa de um estilo diferente dos tradicionais, apesar das distancia e da falta de conversa sobre o rumo do mangá (obata assim como todos os leitores não sabia o que iria acontecer na historia, sendo surpreendido a cada novo storyboard entregue por Ohba) o resultado sempre foi de qualidade excepcional e até hoje Death Note é considerado referencial de roteiro original e inteligente, sem falar da arte de Obata muito admirada por público e critica. (Esperamos o mesmo de Bakuman lol) Agora nos focando mais sobre Ohba as poucas (e curiosas) informações disponíveis foram publicadas pela licensidora norte-americana VIZ media: - Tsugumi Ohba. - Nascido em Tóquio. - Hobby: Colecionar xícaras de chá. - Dia e noite, desenvolve enredos de mangás, enquanto segura seus joelhos na cadeira. (igual ao personagem L oO) Isto é só isso. Esclarecedor não? Mas é claro que os fãs e paranóicos da teoria da conspiração não deixariam isso barato, pelo menos não sem especular! Hiroshi Gamou é o candidato a verdadeiro Ohba. Dizem que este autor usa o Pen-name (pseudônimo em Pt) de Ohba pois sua obra anterior a Death Note era muito diferente e uma mudança taooooo brusca de estilo tornou isto necessário.

Hiroshi Gamou se tornou famoso pelo mangá ai ao lado, Tottemo! Luckyman, mangá publicado entre 1993 e 1997, que virou anime e rendeu até jogo para Gameboy e Super Famicom. Mas ai você se pergunta: Por que raios acreditam que este tal de Gamou é o Ohba, pois bem eu respondo! Além de contatos (como funcionários da Jump! que eram amigos do conhecido do primo de um garoto vizinho do cozinheiro da mãe de um garoto que conhecia um outro garoto que resolveu colocar na internet a "verdadeira identidade de Ohba") também existem diversas "dicas" no decorrer das obras que apontam para Gamou. Duvida? Compare Tottemo! Luckyman com o mangá do tio do mashiro, apresentado logo no começo. Gag manga, um super herói clichê com riscos no mínimo toscos... Pode ser conhecidência ou apenas uma forma de brincar com a imaginação dos leitores, fato é que é suspeito e como precisamos de alguém para apontar como ohba (principalmente eu escrevendo esta matéria) esta é nossa melhor aposta.


.Este foi mais um Mangaká para vocês, também resultado de muita pesquisa e conhecimento e espero que tenham gostado e entendido ainda melhor quem são os criadores do mangá que tanto adoramos e dedicamos este blog.
Semana que vem trago outro, e dou a dica:
Este mangaká aprendeu em uma vida nada ligada ao mundo dos mangás a encontrar a inspiração para um dos mais bem sucedidos manga/anime da atualidade.
Façam suas apostas e palpites, até semana que vem o/

5 comentários:

Zeus disse...

Seria interessante tbm, a possibilidade de que o anime Bakuman conta a história do próprio Tsugumi Ohba, a única coisa que ele fez foi trocar as características, no caso ele seria o Moritaka, mas faz o roteiro, e a referência do super herói seria sim, o tio dele quem fez e ele sabe que como mangaká é um apostador e por isso não mostra o rosto, pois caso fracassasse ou não conseguisse produzir mais obras boas (assim como o tio) ninguém saberia o rosto dele (o lance de mangaká/apostador está bem presente no Bakuman), já repararam como a voz da Misa Misa do death note é tão diferente do estilo que o death note leva, talvez seja porque o Ohba gosta mesmo dessa dubladora assim como o Moritaka gosta da Azuki (que quer ser dubladora). Aliás, há uma cena em que o Moritaka segura as pernas desenhando.
Resumo: Bakuman conta a história do Ohba.
Ta ae minha teoria ^^.

Anônimo disse...

'-' Esse Zeus ai é muito pseudo-intelectual -.-

Anônimo disse...

Ohba é uma mulher, isso é mais doque claro....u_u

Ane disse...

Concordo anônimo! Desde que li o Death Note 13 eu acho que Ohba é uma mulher!
o/
Adorei Death Note (o melhor mangá que eu li até agora) e vou começar a ver Bakuman, espero que seja tão bom quanto!!
E sem dúvida a arte do Takeshi Obata é mais que Perfeita!! *---*
Excelente conbinação!!!! \o/

Lourenço de Oliveira disse...

Cadê a imagem que melhor ilutra ele? Não está aparecendo! Matéria interessante, mas que coisa mais estranha ele esconder a identidde, né?